Notícias
Por ano letivo

Uma cadeira de rodas em troca de tampinhas

04 Dez 2019

Uma cadeira de rodas em troca de tampinhas

Clube do Ambiente da ECCN recolheu 1340 Kg de tampas 

No âmbito das comemorações da Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, no passado dia 27 de novembro, a responsável pela empresa RESIAÇORES, Janete Silva, veio entregar à Escola Cardeal Costa Nunes uma cadeira de rodas, adquirida com o apoio da Farmácia Lajense, depois de ter recebido nos últimos anos cerca de 1340 kg de tampas de garrafas de plástico, que foram recolhidas pelos alunos e toda a comunidade local de todas as idades. 

Esta iniciativa partiu do Clube do Ambiente da escola que, há alguns anos, começou a recolher as tampinhas, através do Programa Eco-Escolas, entregando-as posteriormente à RESIAÇORES. De referir que a ação de reciclar, como guardar uma tampa de plástico, contribuiu para o equilíbrio ambiental e social da nossa comunidade.

O Tampinhas, recipiente criado para a recolha, tinha como missão apoiar as pessoas com deficiência intelectual e/ou multideficiência, no concelho da Madalena e, em particular, na nossa escola.

De facto, a escola tem vindo a debater-se com a necessidade em assegurar o transporte de alunos com mobilidade reduzida e, desta forma, potenciar a sua qualidade de vida. Com efeito, foi então criado o Tampinhas, cuja campanha visava recolher o máximo de tampas de plástico.

Este projeto tornou-se viável com a adesão de inúmeros parceiros locais, institucionais, comunidade envolvente e os alunos que muito se dedicaram para que este objetivo se tornasse real.

De referir que muitos alunos e docentes da escola já realizaram visitas de estudo a este centro, cujo principal objetivo foi compreender como eram realizadas as recolhas e todo o processo de funcionamento de um Centro de Processamento de Resíduos e quais as estruturas fundamentais para gestão de resíduos. Tendo em conta que este é um instrumento de apoio com soluções tecnológicas eficazes e adequadas, nomeadamente de triagem com vista à reciclagem e de valorização por compostagem e de eliminação, por via da valorização energética, os alunos puderam também assim entender melhor qual era o seu papel na gestão dos resíduos da nossa ilha. Esta tem sido uma parceria importante e que queremos reforçar no futuro.

De hoje por diante, temos de dar outra função às tampinhas, deixando-as junto com as embalagens para que possam cumprir outra função, a de reduzir o seu volume.

O AMBIENTE e as gerações futuras agradecem o empenho de toda uma comunidade!



O professor coordenador do Clube do Ambiente e do Programa Eco-Escolas: Márcio Silva

Ler 633 vezes Modificado em %PM, %04 %012 %2019 %23:%Dez

Itens relacionados